quinta-feira, 22 de maio de 2014

Anne Frank


Bukowski


Haroldo


Autor Desconhecido


O Vampiro Armand


Bukowski


Autor Desconhecido


Charles Bukowski


Clarice Lispector


Amyr Klink


Autor Desconhecido


Autor Desconhecido


Eu me Chamo Antônio









Gilberto Amendola - Era a mulher da minha vida, mas...

Meus olhos foram ficando vermelhos. Ela perguntou se eu nunca tinha visto uma mulher nua, se aquilo tudo era emoção, se eu estava prestes a chorar ou se tinha fumado alguma coisinha diferente no caminho.  Em pouco tempo, meu nariz também ficou congestionado.  Tosse. Muita tosse. Tosse feia e alguma dificuldade para respirar. Achei que ia morrer.

Não tinha mais clima.

Recolhi as roupas que tinham sido atiradas no chão e pedi uma carona até o pronto-socorro mais próximo.

Era a mulher da minha vida, mas tinha gatos.

*
A garota saiu do cinema dizendo que ele tinha feito o mesmo filme mais uma vez, que o roteiro era apenas uma desculpa esfarrapada para uma sucessão de gags de graça duvidosa e que, ainda por cima, não se sentia à vontade em assistir algo dirigido por alguém suspeito de abusar da própria filha. No mais, ela me esfregou na cara que sempre torceu pela Mia Farrow.

Não tinha mais clima.

Recolhi minha alma de cinéfilo do chão e comprei outro saco de pipocas.

Era a mulher da minha vida, mas não gostava do Woody Allen.

*
Quando ela foi embora, eu ainda estava dormindo. Carinhosa, deixou um recado pendurado, com um ímã de pizzaria delivery, na porta da milha geladeira.  No bilhete, uma marca de batom e os seguintes versos: “Eu te dei o ouro do sol/ A prata da lua/ Te dei as estrelas/ Pra desenhar o teu céu/ Na linha do tempo/ O destino escreveu/ Com letras douradas/ Você e eu...”

Não tinha mais clima.

Recolhi os caquinhos de Chico Buarque por debaixo da porta, reclamei baixinho, e voltei a dormir.

Era a mulher da minha vida, mas citava Victor e Léo.

*
Assim como o diabo, o amor que fica no quase também mora nos detalhes.

A lista de pecados capitais, aqueles que desclassificam uma pessoa da série A das nossas fantasias, costuma ser maior que a lista de exigências do camarim da Madonna.

Difícil encontrar alguém que caiba exatamente no nosso ideal romântico. A idealização do outro é a maior fábrica de solitários (as) do mundo.

No mais, esse papo de alma gêmea já está mais fora de moda que camisa regata e pochete na praia.

Aliás, eu mesmo  já perdi campeonatos por menos de um décimo, fui desclassificado por usar shampoo 2 em 1 e não saber dirigir. Difícil essa coisa de se encaixar nas expectativas de outra pessoa.

Por tudo isso, a partir de agora, vou tentar ser mais tolerante. Não vou deixar que nenhum “mas” intrometido levante uma barreira diante do próximo grande amor da minha vida.     

Que dizer...

Só não posso com gatos.

Tenho a impressão que a minha alergia será sempre maior do que o meu amor.

domingo, 11 de maio de 2014

Alma de Flores - Miriã Barcelos

Encantada fui pelo despertar da vida, tão florida, perfumada...
Numa linda manhã de querer ensolarada.
Minh'alma se deleita no quedar do amor.
Se for um rouxinol, canta
porém se namorar é beija-flor.

Paraíso infindo cor de sonho.
Onde a rosa é canção de amores
e vejo em seu cantar tristonho
um pássaro enlevar-se em meio às flores.


Meu Arco-Íris - Minna

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Sirlanney (Magra de Ruim) ³


O Vampiro Armand


Autor Desconhecido


Bianca


Autor Desconhecido


Mario de Andrade

Vistas cansadas, ouvidos cansados. Ninguém ouve a noite, o silencio barulhento dela...

Charles Bukowski



quinta-feira, 1 de maio de 2014

A-HA The Sun Always Shines On Tv [Tradução]

O Sol Sempre Brilha na Tv

REFRÃO:
Toque me,
Como isto pode ser
Acredite em mim
O sol sempre brilha na TV
Me aperte
Pertinho do seu coração.
Toque me
E dê todo seu amor para mim
Para mim

Eu procurei dentro de mim mesmo
e não encontrei nada lá
para acalmar a pressão
da minha mente sempre aflita
Todos as minhas forças se foram
Eu temo os olhares solitários e enlouquecidos que
O espelho está me enviando
estes dias

REFRÃO

Por favor, não me peça para defender
As vergonhosas baixadas
do caminho em que estou sendo levado
Melancolicamente pelo tempo.
(Toque me)
Eu procurei dentro de mim mesmo hoje,
(Dê todo seu amor)
Pensando que devia haver alguma maneira
Para manter meus problemas distantes

REFRÃO

Me aperte
Pertinho so seu coração.
Toque me
E dê todo seu amor para mim, para mim...